Dermatite Atópica

coceira-dermatite-atopica

O que é Dermatite atópica?

A dermatite atópica, também conhecida como eczema atópico, é um dos tipos mais comuns de dermatite. É definida como uma doença crônica da pele que apresenta erupções que coçam e apresentam crostas, cujo surgimento é mais comum nas dobras dos braços e da parte de trás dos joelhos. A dermatite atópica pode também vir acompanhada de asma ou rinite alérgica.

Causas

A causa exata da dermatite atópica ainda é desconhecida, mas os médicos acreditam que uma combinação de pele seca e irritável com um mau funcionamento no sistema imunológico do corpo esteja entre as causas mais prováveis.

A maioria dos especialistas também acredita que a dermatite atópica tenha uma base genética. Dessa forma, as causas deste tipo de eczema estariam atreladas às causas da asma e da rinite alérgica. Porém, com manifestação clínica variável, ou seja: nem todas as pessoas com dermatite atópica apresentam asma ou rinite alérgica, e nem todas as pessoas com essas doenças desenvolvem dermatite atópica. É relevante para o diagnóstico o fato de essas doenças estarem presentes em conjunto em famílias de pessoas afetadas.

Fatores de risco

Os médicos elencaram alguns fatores de risco para o desenvolvimento de dermatite atópica, que incluem:

  • Alergia a pólen, mofo, ácaros ou animais
  • Contato com materiais ásperos
  • Pele seca
  • Exposição a irritantes ambientais
  • Exposição à água
  • Fragrâncias ou corantes adicionados a loções ou sabonetes
  • Estresse

Sintomas de Dermatite atópica

Dermatite atópica é caracterizada pelo surgimento de pele muito seca com prurido importante que levam a lesões escoriadas, além de outros sintomas, a exemplo de:

  • Secreção ou sangramento da orelha
  • Áreas esfoladas da pele causadas por coceira
  • Alterações na cor da pele
  • Pele mais clara ou escura que o seu tom normal
  • Vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas
  • Áreas espessas ou parecidas com couro, que podem ocorrer após irritação e coceira prolongadas

Diagnóstico

Não há nenhum exame específico para diagnosticar definitivamente a dermatite atópica, ou seja: o diagnóstico é clínico e feito pelo médico, através do exame da pele ou durante uma consulta de rotina, em que se consideram o histórico médico e familiar do paciente.

Tratamento de Dermatite atópica

O tratamento de dermatite atópica é feito geralmente à base de medicamentos tópicos como corticoides e imunomoduladores e muito hidratante. Anti-histamínicos tomados por via oral podem ajudar com a coceira que acompanha essa doença. .

Em casos mais graves pode ser necessária fototerapia e tratamentos com imunossupressores.

Convivendo com a dermatite

Cuidar da sua pele em casa pode diminuir a necessidade de medicamentos. Evite coçar as erupções. Adote algumas medidas para melhorar a recuperação. Veja exemplos:

  • Mantenha sua pele hidratada (com óleos ou cremes hidratantes). Use pomadas (como vaselina), cremes ou loções de duas a três vezes ao dia. Os hidratantes não devem ter álcool, perfumes, fragrâncias, corantes ou outras substâncias químicas. Um umidificador em casa também pode ajudar
  • Evite banhos muito quentes e demorados, não use sabonetes direto na pele lesionada
  • prefira loções de limpeza
  • Alivie a coceira usando compressas frias e fazendo uso de medicamentos anti-histamínicos para reduzir a coceira grave
  • Mantenha as unhas das crianças curtas. Pense na possibilidade de usar luvas leves se a coceira durante a noite for um problema.

Evite agentes que agravem seus sintomas, como:

  • Tecidos irritantes, como lã
  • Sabonetes ou detergentes fortes, bem como produtos químicos e solventes
  • Alterações súbitas na temperatura corporal e estresse, que podem causar suor e piorar ainda mais a situação
  • Desencadeadores de sintomas alérgicos
  • Ao tomar banho:
  • Mantenha o contato com a água o mais breve possível e use menos sabonete que o normal. Banhos curtos e frios são melhores que banhos longos e quentes
  • Não esfregue ou seque a pele com muita força ou por muito tempo. Jamais use buchas vegetais ou esfoliantes
  • Após o banho, é importante aplicar cremes, loções ou pomadas hidratantes na pele enquanto ela estiver úmida. Isso ajuda a reter a umidade na pele.

Nos acompanhe também nas redes sociais: Facebook e Instagram.

Receba as dicas da Dra. Michelle