Miliária, popularmente conhecida como brotoeja


A miliária, popularmente conhecida como brotoeja, desenvolve-se quando os canais estreitos que transportam o suor para a superfície da pele ficam obstruídos. O suor retido provoca inflamação, que causa irritação (ardor), coceira e erupção cutânea caracterizada por pequenas saliências ou bolhas. Ocasionalmente, as bolhas podem causar dor.

As brotoejas são mais comuns em climas quentes e úmidos e em pessoas que transpiram mais. Todavia, pessoas que se agasalham demais em climas frios e pessoas hospitalizadas também podem desenvolver brotoejas. São mais frequentes nas áreas do corpo em que a pele entra em contato com a pele, como sob os seios, na parte interna das coxas e nas axilas. As brotoejas também ocorrem quando a pele está coberta por vestuário ou repousa em outra superfície por um período prolongado, como em pessoas hospitalizadas que ficam deitadas de costas no leito hospitalar.

O que causa a brotoeja?

 

A brotoeja surge quando as glândulas sudoríparas são bloqueadas e o suor fica preso por baixo da pele.

O que causa a brotoeja?

Tratamento

Na maioria das vezes, o problema desaparece sozinho, quando o calor e a umidade do ambiente diminuem, e o paciente permanece em ambientes frescos, ventilados ou com ar condicionado, com o objetivo de aliviar o desconforto e a melhora das lesões. O tratamento levará em conta as características das lesões, a parte do corpo na qual se instalaram e a idade do paciente.   Em crianças pequenas, por exemplo, a ingestão exagerada de líquidos favorece a sudorese. Medidas a fim de refrescar a pele e evitar a transpiração anormal, e o uso de pasta d’água podem ser úteis nesses casos. Apesar desses pacientes apresentarem sudorese de grande monta, deve-se tomar cuidado com o uso excessivo de sabonetes que, ao ressecarem a pele, poderão causar obstrução dos poros. O uso de hidratantes associados a secativos pode ser indicado. É importante manter o ambiente fresco e ventilado, usar roupas leves e claras. O tratamento mais indicado neste caso é o tópico.

Receba as dicas da Dra. Michelle